quinta-feira , dezembro 14 2017
Home / Importação / Importação alimentícia

Importação alimentícia

O Brasil tem vivenciado um grande aumento na importação alimentícia nos últimos anos devido ao crescimento da demanda de produtos cada vez mais sofisticados e que podem representar um diferencial no mercado, gerando mais vendas e uma movimentação mais intensa de vários nichos.

Diversos setores de comercialização de alimentos tem optado pela inserção de produtos importados em suas lojas para aumentar a variedade e trazer sabores novos para os consumidores, gerando uma melhor reputação em diversas faixas de consumidores e atraindo novos públicos.

Para entender melhor o mercado da importação alimentícia e garantir que os processos de investimento neste setor sejam bem aplicados e possam gerar bons frutos, é essencial lidar com critérios rigorosos todos os processos de compra e fornecimento dos produtos.

Além disso, para garantir a entrega com segurança, lembrar que as exigências para a importação alimentícia são muito mais rigorosas é essencial para manter-se sempre atualizado e realizar os negócios com muito mais cautela para garantir, além da segurança, a plena satisfação do consumidor final.

Como gerenciar os processos de importação alimentícia com qualidade

Há muito mais sobre os processos de importação alimentícia do que na maioria dos produtos que geralmente são fonte de renda extra ou até mesmo principal negócio dos empreendedores que investem no mercado exterior para suprir suas demandas nacionais.

Existem vários critérios de avaliação por órgãos internacionais e nacionais que garantem que os produtos sejam entregues com segurança e qualidade para o consumidor final, e é essencial investir em um domínio pleno de todas as exigências para que os seus investimentos sejam de fato lucrativos.

Certifique-se da qualidade dos alimentos

Uma etapa crucial e que precisa ser realizada com cautela, a certificação da qualidade dos produtos ao realizar importação alimentícia é básica e precisa ser feita de todas as maneiras possíveis: alimentos são produtos em sua maioria perecíveis e que podem acarretar uma série de problemas para sua empresa caso possuam irregularidades.

Leve em consideração sempre o tempo de transporte dos produtos

Para começar a investir na importação alimentícia, antes de tudo, é preciso estudar os fornecedores e seus processos de transporte e entrega das mercadorias a fundo.

Os alimentos precisam cumprir as exigências e serem entregues sempre em sua melhor forma: há órgãos reguladores que podem ferir completamente a reputação de sua empresa se estas exigências não forem cumpridas.

Tenha certeza de que os alimentos importados cumprem as regras da Anvisa e de outros órgãos reguladores

A regulamentação dos produtos escolhidos para importação é um critério essencial que precisa, sem exceções, ser cumprido na hora de realizar os processos para comercialização de produtos alimentícios.

Tenha certeza de que os produtos da importação alimentícia estão de acordo com as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, que irá analisar desde os procedimentos de produção, os métodos envolvidos na fabricação dos produtos bem como os canais de distribuição.

No caso dos alimentos de importação, este órgão irá atuar em todos os locais onde estes produtos irão ser recebidos no país, certificando o controle de qualidade do transporte, dos métodos de higienização e dos riscos de contaminação e quaisquer fatores que possam afetar a saúde do consumidor.

Há também alguns nichos de importação alimentícia que exigem, além da Anvisa, o cumprimento das leis do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo necessário estar dentro da legalidade destes processos também ao realizar os procedimentos administrativos na hora da importação.

Saiba como se registrar no Siscomex

Todos os tipos de produtos envolvidos na importação alimentícia precisam passar pelo processo de registro no Siscomex, o Sistema Integrado de Comércio Exterior, que serve especificamente para que todas as características dos produtos importados sejam registradas e possam ser analisadas com os critérios necessários.

Este cadastro possibilitará uma melhor adaptação dos produtos de importação alimentícia às regras dos órgãos reguladores previamente mencionados e fará com que o investidor possa evitar possíveis danos e prejuízos que possam ocorrer caso os processos de importação sejam realizados sem fiscalização.

Especialmente em casos onde a importação alimentícia for ocorrer em grandes quantidades, é altamente recomendada a contratação de um profissional despachante aduaneiro para que os processos legais sejam conduzidos com um maior domínio das áreas legais e o importador possa ter melhores resultados.

Sobre Forum Importar

Veja também

Importação de soja

O Brasil é um dos maiores produtores de soja em todo o mundo. Estes altos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super